Combate ao Aedes Aegypti: Entre nessa!

Morar Sozinho é uma maravilha e como tudo que é bom, tem responsabilidades e entre elas está o combate a dengue, zika e chikungunya. Somos responsáveis por nossas casas e tudo que as envolva e por isso oCombate ao Aedes Aegypti é importante, não apenas para nós, mas para toda a sociedade.

O mosquito que transmite a dengue, o Aedes aegypti, agora também transmite outras duas perigosas doenças: Zika e Chikungunya. Não se sabe ao certo como isso aconteceu, mas como quaisquer doenças, elas evoluem, originando muitas vezes outras doenças piores que as originais e a única forma de evitar essas doenças é Combate ao Aedes Aegypti.

Conheça os sintomas de cada doença

Sintomas da Dengue
O primeiro sintoma da Dengue é a febre alta, entre 39° e 40°C. Tem início repentino e geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira no corpo. Pode haver perda de peso, náuseas e vômitos.

Sintomas da Zika
Tem como principal sintoma erupção na pele com coceira, febre baixa ou ausência de febre, olhos vermelhos sem secreção ou coceira, dor nas articulações, dor nos músculos e dor de cabeça. Normalmente os sintomas desaparecem após 3 a 7 dias.

Sintomas das Chikungunya
Apresenta sintomas como febre alta, dor muscular e nas articulações, dor de cabeça e erupção na pele. Os sinais costumam durar de 3 a 10 dias.

Perigos de cada doença

Perigos da Dengue
A principal complicação é a desidratação grave, que ocorre sem a pessoa perceber. Por isso, é importante tomar bastante líquido quando a pessoa estiver com dengue.

Perigos da Zika
As complicações mais observadas têm sido as manifestações neurológicas como paralisia facialfraqueza nas pernas, a exemplo do desenvolvimento da Síndrome de Guillain-Barré.

Perigos da Chikungunya
A a principal complicação é a permanência, por longo tempo, das dores e inchaço nas articulações, às vezes impedindo as pessoas de retornarem às suas atividades.

Tratamento das doenças

Antes de mais nada, ao suspeitar que está com uma dessas doenças vá ao posto de saúde mais próximo da sua casa, eles saberão o que fazer. Evite qualquer tipo de auto medicação, porque isso pode atrapalhar por completo o tratamento e trazer complicações para sua saúde.

O Combate ao Aedes Aegypti

combate ao aedes aegypti

– Não deixar água parada em pneus fora de uso. O ideal é fazer furos nestes pneus para evitar o acúmulo de água;

– Não deixar água acumulada sobre a laje de sua residência;

– Não deixar a água parada nas calhas da residência. Remover folhas, galhos ou qualquer material que impeça a circulação da água.

– A vasilha que fica abaixo dos vasos de plantas não pode ter água parada. Deixar estas vasilhas sempre secas ou cobri-las com areia;

– Caixas de água devem ser limpas constantemente e mantidas sempre fechadas e bem vedadas. O mesmo vale para poços artesianos ou qualquer outro tipo de reservatório de água;

– Vasilhas que servem para animais (gatos, cachorros) beber água não devem ficar mais do que um dia com a água sem trocar;

– As piscinas devem ter tratamento de água com cloro (sempre na quantidade recomendada). Piscinas não utilizadas devem ser desativadas (retirar toda água) e permanecer sempre secas;

– Garrafas ou outros recipientes semelhantes (latas, vasilhas, copos) devem ser armazenados em locais cobertos e sempre de cabeça para baixo. Se não forem usados devem ser embrulhados em sacos e descartados no lixo (fechado).

– Não descartar lixo em terrenos baldios e manter a lata de lixo sempre bem fechada;

– As bromélias costumam acumular água entre suas folhas. Para evitar a reprodução do mosquito, o ideal é regar esta planta com uma mistura de 1 litro de água e uma colher de água sanitária.

– Sempre que observar alguma situação (que você não possa resolver), avisar imediatamente um agente público de saúde para que uma medida eficaz seja tomada.

Ajude no combate ao Aedes Aegypti! Apenas juntos podemos vencer esse mosquito

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *