estágios morar sozinho

Estágios de morar sozinho: O que fazer?

Há 5 estágios de morar sozinho e é importante saber em qual vocês está, para uma vida mais plena. Alguns dizem que são apenas dois: chorando ou não chorando, contudo nem tudo é assim, né?

5 estágios de morar sozinho

1 – Estágios de Morar Sozinho: O Tédio

estágios de morar sozinho

Assim que a porta se fecha existe o silêncio, que pode ser bom ou ruim, depende de como você encara as coisas.
As vezes longas noites são um verdadeiro tédio: Chegar, comer, limpar a casa, ver tv, comer de novo, sentar no sofá, ver tv, dormir. Assim sucessivamente! Isso para alguns pode ser bem tedioso.
Pensando por outro lado, encaixe no seu dia a dia coisas diferentes da rotina, como ler um livro, passear no parque com o cachorro, sair para ver um amigo no meio da semana. Sair da rotina é importante para acabar com o tédio em morar sozinho.
Quando se divide uma casa é mais fácil ter companhia e mudar um pouco a rotina, só bater no quarto ao lado ou ir para a sala ver tv com os amigos, mas nesse caso, é mais complicado. Por isso o tédio é um dos estágios de morar sozinho.

2 – Estágios de Morar Sozinho: O Medo

estágios de morar sozinho

Quem nunca assistiu um filme de terror e logo depois ficou morrendo de medo? Aqueles estalos no meio da noite ao lado de fora da casa. Já passei por isso, ainda mais depois que minha casa foi roubada. Superei colocando grade em tudo e contratando uma empresa de alarmes residenciais. Melhor coisa que fiz na vida!
Agora se você já parou para pensar no que aconteceria se caísse no banheiro e ficasse desacordado a coisa é pior. Não pense nisso, melhor, porém se isso rouba suas noites de sono, combine com um amigo, um familiar de tempos em tempos trocarem ideia, se visitarem. Isso ajudará bastante a superar esse medo.
Se estiver mal, leia Só Notícia Boa!

3 – Estágios de Morar Sozinho: A Euforia

estágios de morar sozinho

Quando chegar ao estágio da euforia, sinta-se grato! É nesse momento que já aprendeu a controlar o tédio e sentir feliz em ficar sozinho, sem medo e curtindo até uma rotina ou outra.
Cai a ficha que se você ficasse sem mandar mensagens para seu melhor amigo, ele daria um jeito de saber se você está bem. Te visitaria. Ligaria para você.
Se dá conta que pode dançar pelado pela casa aquelas músicas bregas e ninguém te julgar por isso! Sim, já fiz isso e é libertador! Indico!
Nesse momento você passa a curtir ainda mais a ideia de morar sozinho. Aprende a conviver consigo e ainda curtir sua companhia. Quer coisa melhor?

Playlist: Só diversão!

4 – Estágios de Morar Sozinho: O Delírio

estágios de morar sozinho

Depois da bonança, a tempestade. No caso, depois da euforia, o delírio!
Com o tempo você passa a conviver tão bem consigo que a companhia de outras pessoas não faz falta. Se torna quase um eremita morando na cidade. Esse é o ponto perigoso.
As vezes você para e pensa que se houvesse um apocalipse zumbi, você seria um dos sobreviventes estranhos. Daqueles que conversa sozinho.
É importante manter sempre um vínculo com amigos e/ou familiares. Se isolar não faz bem a ninguém! Nós humanos evoluímos para viver em sociedade, mesmo que seja difícil ultimamente.
Não seja o velho eremita, escondido dentro de uma concha, ok?

5 – Estágios de Morar Sozinho: A Calma

estágios de morar sozinho

O estágio de calma é o mais importante, é quando você já se acostumou com a vida de morar sozinho.
Nesse estágio você já é independente, não depende da aprovação ou companhia de alguém para se sentir pleno, você se basta.
Chegou ao patamar que já sabe se cuidar perfeitamente, adquiriu experiência quebrando a cara, já tirou o nome do Serasa ou SPC e vive uma vida calma, calma.
Sozinho? Eu não! Sou autosufuciente!

E aí, em qual estágio de morar sozinho você está? Deixe nos comentários!

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *