Banheiro

Morar Sozinho: As fases e Idades

Morar Sozinho: O início

morar sozinho festa

Quando fui morar sozinho as coisas eram diferentes do que são hoje em dia. Junto com a idade veio muitas experiências e, junto com ele, muitas mudanças na forma de agir comigo e com minha casa.

No início minha casa vivia cheia de amigos, era uma delícia reunir a galera para passar o fim de semana todo lá em casa e, algumas vezes, os amigos passavam a semana lá sem eu nem me importar. Era a liberdade de fazer o que queria, transferida também para meus amigos

As noites eram regadas a cerveja, pizzas e delivery de comidas em geral. Isso era o mais próximo que chegava de cozinhar quando meu grupo de amigos ia em casa.

morar sozinho

bagunça era generalizada, dormia tarde por conta da farra… e ficava feliz com tudo isso. A cozinha era uma caos, só lavava a louça quando não tinha mais copos ou talheres para usar.

A geladeira nessa época era o básico. No quarto um colchão no chão bastava e dividia com vários amigos durante o fim de semana. Isso, na época, era uma verdadeira aventura para mim, daquelas sagas de livros cheios de emoção.

morar sozinho

Morar sozinho ERA isso!

Tudo foi mudando com o tempo. Não sei dizer bem quando essa mudança na forma de morar sozinho aconteceu, foi algo gradativo e quando percebi, nada era como no início.

A quantidade de amigos que frequentam minha casa é muito, mas muito menor. Há fins de semana que não chamo ninguém, já que quero um tempinho para curtir meu canto, minha cachorra, colocar as séries em dia, ir a feira…

A mudança na geladeira foi surreal! Não peço pizza ou qualquer outro delivery, prefiro cozinhar meu almoço e jantar, curtir esse tempo preparando algo gostoso para mim. Sem falar que os tipos de alimentos mudaram, antes era muita comida congelada, doces, frituras e afins e, hoje, a quantidade de frutas, legumes e comidas saudáveis supera qualquer outro tipo de alimento.

morar sozinho brinde vinho

Tenho cerveja em casa? Tenho, mas até as cerveja mudaram. Antes comprava packs de cerveja e me acabava bebendo sozinho ou com os amigos, hoje há uma diversidade de rótulos e estilos enorme e, sem falar, nos vinhos, espumantes e drinks que preparo. E de vez em quando!

Qualidade de vida desde que fui morar sozinho começou depois de um bom tempo. Prezo muito minhas noites de sono agora, sem falar que adoro a cama arrumada. Sim, não aguento dormir em um colchão no chão mais, por isso tenho um bom travesseiro, lençol e colcha deliciosos e tento manter o mais arrumado possível. As horas de sono também aumentaram já que recebo poucos amigos, mas a qualidade de diversão melhorou muito.

morar sozinho

Ao invés de festas regadas a cerveja e loucuras, nada melhor que morar sozinho e receber os amigos para um jantar com uma boa taça de vinho, conversas, risadas e tudo mais que isso agrega. Um filme é uma boa pedida sempre, as vezes um cinema, as vezes um DVD, depende.

morar sozinho filme pipoca

Acho muito saudável passar pela fase da zona quando vai morar sozinho, é graças a essa fase que hoje penso e ajo dessa forma. O amadurecimento vem com o tempo e as experiências, e morar sozinho é uma grande aventura, cheia de experiências boas e ruins, grandes e pequenas, tristes e alegres, mas todas seguem o caminho da maturidade.

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *